Hemospermia

Hemospermia é uma condição caracterizada pela presença de sangue no sêmem. Geralmente, quando isso acontece é motivo de grande preocupação para os homens, entretanto, esse sintoma nem sempre representa algo grave.

A maioria dos fatores causadores da hemospermia é benigna, todavia, o primeiro passo é a avaliação clínica e do histórico do paciente. As principais causas do problema em homens com menos de 40 anos pode ser uma infecção genital, enquanto que em homens mais velhos os motivos podem ter associação a cálculos de vias seminais, cistos ou pólipos nos dutos ejaculadores.

A hemospermia é pouco relacionada ao câncer de próstata. Na maioria dos casos, essa condição não representa nada grave.

O que é a hemospermia?

Sangue no sêmem, comumente chamada de hemospermia. A condição nem sempre tem uma explicação objetiva, em muitos casos, simplesmente, não significam nada, pois não indicam nenhum tipo de doença.

No entanto, deve ser investigada para eliminar possibilidades de quadros infecciosos, tuberculose, presença de pólipos ou cálculos.

O que leva os pacientes até o consultório médico é a mudança de coloração do esperma, geralmente notada devido ao uso de preservativos. Entretanto, a hemospermia pode vir acompanhada de  dificuldades de urinar, ardência e aumento de micções.

É fundamental relatar ao médico se tiver sintomas associados com a hemospermia.

Na maioria dos casos, os homens se queixam da presença de mais de um episódio de hemospermia ao longo de semanas ou meses. Todavia, se ocorrer em mais de 10 ejaculações consecutivas, é importante fazer uma avaliação mais criteriosa a fim de descobrir as causas desencadeantes.

/

Compartilhar no:

Categoria: Tag:

Descrição

Como tratar a hemospermia?

Os pacientes com hemospermia devem ser avaliados urologicamente, especialmente os que possuem outros sintomas associados. Geralmente, 3 fatores pode determinar como será a avaliação do paciente:

  1. Idade
  2. Presença de sangue na urina
  3. Duração da hemospermia

O médico também poderá solicitar exames de urina e urocultura com antibiograma, caso houver necessidade, a ecografia transretal para avaliar a anatomia das vesículas seminais, uretra e próstata também será requerida.

Na avaliação, deve ser descartado o uso de ácido salicílico, pois o medicamento altera a coagulação do sangue.

Após o diagnóstico, o tratamento para hemospermia é feito de acordo com o problema detectado que pode ser: Uso de medicamentos anti-inflamatórios, inibidores de crescimento da próstata ou utilização de antibióticos.

Outra indicação comum em caso de hemospermia é a suspensão temporária das relações sexuais, pois o objetivo é evitar traumas na região da próstata. Além disso, atividades como andar de moto, cavalo e bicicleta devem ser evitadas.

Conclui-se que apesar da hemospermia se mostrar de importante preocupação para os homens, na maioria dos casos, se trata de uma condição benigna e auto limitada.

Insert the name
Insert a valid email
Insert a message

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Hemospermia (Hematospermia)”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *